Comentário
Este livro tem o objetivo duplo de estimular o leitor e instruir e, assim, é de grande valor para todos os que praticam a massagem terapêutica, não importando sua bagagem ou nível de conhecimentos. A massagem é tanto uma arte como uma ciência e, como tal, exige perícia e compreensão consideráveis. A proficiência do autor na oferta dessa observação detalhada da teoria e da prática da massagem certamente permitirá que o profissional eleve sua capacidade teórica e prática. E um massagista profissional competente tem um valor inestimável no serviço à comunidade.



Algumas Definições de Fisioterapia

  • “A fisioterapia é o tratamento por meios físicos”. (Tidy)
  • “Fisioterapia é o tratamento de pacientes por diferentes meios físicos com o objetivo de restaurar ao máximo a sua capacidade funcional e independência para o trabalho no lar e na sociedade, conjuntamente com outros profissionais de saúde". (WCPT)
  • "É uma ciência da Saúde que estuda, previne e trata os distúrbios cinéticos funcionais intercorrentes em órgãos e sistemas do corpo humano, gerados por alterações genéticas, por traumas e por doenças adquiridas. Fundamenta suas ações em mecanismos terapêuticos próprios, sistematizados pelos estudos da Biologia, das ciências morfológicas, das ciências fisiológicas, das patologias, da bioquímica, da biofísica, da biomecânica, da cinesia, da sinergia funcional, e da cinesia patologia de órgãos e sistemas do corpo humano e as disciplinas comportamentais e sociais." (http://www.coffito.org.br/)


     Introdução
    Uma das formas de examinar o que caracteriza o objeto de trabalho de uma profissão ou o objeto de estudo de uma área de conhecimento é mostrar de que maneira, nos diferentes momentos da história da área ou profissão, ele tem sido concebido, definido ou exercido.

    História Da Fisioterapia
    Sendo assim será abordada a história da Fisioterapia na História Geral nos principais períodos: Antigüidade, Idade Média, Renascimento e período da Industrialização. Na Antigüidade, período compreendido entre 4.000 a.C. e 395 d.C. havia uma forte preocupação com as pessoas que apresentavam as chamadas “diferenças incomodas"; Havia uma preocupação em eliminar essas "diferenças incomodas" através de recursos, técnicas, instrumentos e procedimentos. A princípio o uso da ginástica era empregada somente com fins terapêuticos, ou seja, eram utilizados no tratamento de disfunções orgânicas já instaladas.